vacas

Jun 04

Foi o quarto mês consecutivo de incremento no indicador. Desde fevereiro, início das altas, o aumento acumulado para a atividade leiteira foi de 7,2%.

A alta de preço dos alimentos concentrados, com destaque para o milho e o farelo de soja, além dos suplementos minerais, dos combustíveis e dos fertilizantes, foram os motivos do aumento no índice.

A valorização do dólar, a maior movimentação para exportação (até antes da greve) e o clima adverso no país colaboraram para a alta de preços de alguns produtos. No mais, a greve contribuiu para “travar” o mercado de insumos, prejudicando o escoamento.

Em relação a igual período do ano passado, os custos da atividade estão 5,6% maiores.

Para saber mais sobre o mercado de leite, custos de produção, clima, preços dos lácteos no atacado e varejo e expectativas para a cadeia assine o Relatório de Mercado de Leite da Scot Consultoria. Mais informações em: Relatório de Mercado de Leite da Scot Consultoria.

Fonte: Portal do Agronegócio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *