carne suina

Jul 31

De acordo com colaboradores do Cepea, o baixo volume de negócios está atrelado ao período de fim de mês, que reduz o consumo por parte da população e faz com que a indústria compre apenas o necessário para a manutenção das atividades.

Em relação ao suíno vivo, os preços também seguem em queda na maior parte das regiões acompanhadas pelo Cepea. Agentes relatam que a procura pelo animal diminuiu nos últimos dias e, paralelamente a isso, a oferta ainda elevada impede o aumento nos valores.

A expectativa dos agentes é de que, nas próximas semanas, a necessidade do varejo para o abastecimento de gôndolas e estoques, típica de início de mês, eleve as cotações. Ainda que essa sazonalidade de alta ao longo do ano tenha muitas vezes ficado aquém do esperado por agentes consultados pelo Cepea, muitos ainda acreditam nos reflexos positivos com a virada do mês.

Fonte: Cepea

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *